Essa semana no Microsoft Ignite, evento da Microsoft em Orlando, foi anunciado oficialmente o Windows Server 2019.

As novidades são boas para nós pois estamos na jornada de conteinerização da nossa arquitetura.

Os principias destaques são:

  • A imagem do Windows Server Core 2019 foi reduzida à um terço do tamanho, que no Server Core 2016 é de 1,6 GB para download e 3,6 GB em disco. Todo o pipeline de desenvolvimento, testes e deploy será beneficiado com imagens menores.
  • Maior suporte ao Linux, agora permitindo execução de contêineres Linux e Windows lado a lado. Atualmente o nosso Redis e outras novidades, irão rodar no Linux, enquanto o WES permanece no Windows. Esse recurso permite executarmos em um mesmo servidor tanto o Redis quanto o WES.
  • Além disso o Windows Server estará compatível com Kubernetes e com o Service Fabric, que são orquestradores de contêineres, que permitem automatizar a implantação, o dimensionamento e a gestão de aplicações.

Enfim, essa notícia reforça que estamos na direção certa e alinhados com a Microsoft e com nuvem.
Os contêineres vieram pra ficar e estaremos prontos para essa mudança.

Compartilhe
Autor

João Paulo Melo

Programador
Leia mais
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *