O Comitê de Integração Contínua da Benner se reuniu novamente no dia 07/08/2018. A reunião foi num formato aberto, para compartilhar as experiências que os times tem tido até aqui enquanto implantam ou migram suas integrações contínuas para o Jenkins.

Ao final do bate papo, alguns pontos foram discutidos para levantar indicadores que mostrem a efetividade dos trabalhos do comitê (esses indicadores ainda serão refinados e outros adicionados):

  • Pipelines na master e nas versões liberadas
  • Todos os artefatos compilados pelo pipeline
  • Tipos distintos de pipelines: build e testes unitários; testes de integração; testes de interface
  • Utilização de indicadores e métricas dos builds gerados pelo próprio Jenkins (alguns plugins serão estudados para isso).

O comitê tem trabalhado bastante e alguns itens dos apontados acima já podem ser percebidos nos times.

O que é mais legal é perceber como esse assunto (e também a Guilda de Testes Automatizados) tem empolgado o pessoal!

Compartilhe
Autor

Allan Wiese

Programador
Leia mais
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *